Corrida: um esporte para qualquer idade

corrida-qualquer-idade

Muitas coisas em nossa vida parecem ser piores do que na vida dos outros, principalmente a boa forma, a vida saudável e a disciplina. E quando a idade vai chegando, a gente às vezes acha que perdeu muito tempo e que não vale começar mais nada.

Mas, se você está em busca de melhorar sua saúde, dar uma turbinada na forma física e ganhar disposição de sobra, saiba que a corrida é o exercício mais democrático que existe e pode ser praticado em qualquer idade. Vamos tirar umas dúvidas antes de calçar os tênis?

Decidi começar a correr. E agora?

O primeiro passo não é o da corrida, mas sim uma consulta ao médico. Se você é uma pessoa sedentária, precisa saber como o seu corpo está antes de iniciar qualquer atividade física.

Exames de sangue e do coração são fundamentais para que seu médico possa lhe recomendar a quantidade de tempo e de dias para iniciar sua empreitada. Após a avaliação positiva, está na hora de ir atrás dos equipamentos.

Como escolher meu tênis?

Você pode iniciar a caminhada usando um tênis confortável que já tenha. Nessa fase de adaptação o importante é ganhar resistência, quando estiver conseguindo sair do trote (caminhar mais rápido) para os primeiros passos da corrida, será a hora de investir em um tênis melhor.

Há um teste que junta a postura com o tipo de pisada, você pode fazê-lo em alguns consultórios de ortopedia ou em lojas que possuam o aparelho e um especialista para orientar. Conforme sua pisada, você terá um tipo de amortecimento diferente, que se adaptará melhor ao seu pé e não irá forçar joelhos e músculos da perna. O investimento começa acima dos R$300,00, dependendo da marca, mas o retorno na saúde é maior ainda.

Começando a correr, de verdade.

Antes de correr, deve ser feito um alongamento que ajuda a preparar os músculos para o exercício e a evitar câimbras. Após o exercício é preciso alongar novamente para que o corpo aproveite melhor os benefícios da corrida, fortalecendo os tendões e os músculos.

Cada pessoa tem o seu tempo de corrida. Dependendo da idade ele pode começar menor, alternando com o trote. O ideal é que se comece com trinta minutos, de duas a três vezes por semana em dias também alternados.

O local da corrida também é importante: prefira parques ou calçadas que sejam mais planas, evitando buracos ou muitas elevações. Nessa fase, o corpo está preparando as articulações ainda, por isso níveis planos são os mais indicados.

A postura durante a prática também é importante. Mantenha a coluna ereta e tire o peso de ombros e braços para acompanhar os movimentos das pernas. Vestir roupas confortáveis auxilia na movimentação e manutenção da leveza do corpo.

Conforme for conseguindo percorrer maiores distâncias, os terrenos podem variar e conter elevações, já que o corpo estará melhor preparado. Participar de corridas com mais pessoas também ajuda a conhecer gente nova e a ter amigos para não perder o estímulo de continuar.

Mantendo a força de vontade

Muitas pessoas perdem a vontade no começo, ainda mais quando o tempo lá fora não ajuda, ou precisam começar a atividade de forma solitária. Uma dica para conseguir passar o tempo sozinho é escutar música. Algumas melodias e ritmos estimulam mais o exercício e ajudam a passar o tempo. Monte listas de músicas com o tempo da sua corrida. Quando a música parar, sua jornada também terá terminado.

Procure amigos que já estejam correndo, eles já passaram pela fase inicial e podem incentivar você a continuar. Ao final da primeira fase, você notará uma melhora na respiração, no sono, se sentirá mais calmo(a) e até perderá peso.

Gostou das dicas? Então comece a colocá-las em prática agora mesmo! Está esperando o quê?

About the author

Felipe Salgado